O Coronavírus e o papel do Direito Ambiental diante das epidemias zoonóticas

By

Revista científica Cognitio Jurídica

Autores: Marcelo Augusto Santana de Melo e Tainara Gomes Penedo

Resumo: Em 2020, o mundo enfrentou uma epidemia sem precedentes que levou mais de um milhão de pessoas a óbito. As consequências da epidemia reverberaram por todo o mundo. Este estudo tem por finalidade analisar a epidemia do ponto de vista ambiental. Adotou-se como método de pesquisa a revisão de literatura científica, a fim de estudar a causa e origem das doenças zoonóticas (causadas por vírus transmitidos entre animais e seres humanos), sendo que a primeira conclusão do estudo consiste no fato das referidas doenças terem relação direta com o desmatamento. Buscou-se também analisar o papel do Direito Ambiental diante das epidemias, especialmente seus princípios e propondo uma melhor comunicação entre Ciência e Direito. A conclusão final é que ciência e tecnologia devem ser a base do Direito Ambiental diante dessas crises, de forma que a prevenção é o mais seguro e eficaz meio de enfrentamento dessas doenças.

Revista completa em http://cognitiojuris.com/artigos/EDICAO_31.pdf